SINTEPE presente na 15ª Parada da Diversidade

Trabalhadores em educação da rede estadual estiveram presentes na 15º Parada da Diversidade no domingo, dia 18, em Boa Viagem. Na oportunidade, o SINTEPE defendeu uma escola emancipadora e cidadã.

Educadores compreendem que ocupar esses espaços reforçam a necessidade de se estabelecer diálogos que combatam os preconceitos, a homofobia, e se estimule, a convivência na diferença. Promover a importância da tolerância e do respeito é sim papel do educador e consequentemente, da educação.

Partindo dessa necessidade latente de estar nas ruas em busca dos direitos e da dignidade da pessoa humana, o SINTEPE se fez presente no ato e se fará, nas vezes em que o debate vise conscientizar a sociedade do respeito nas diferenças.

O sindicato destaca que os Direitos Humanos não têm etnia, gênero, religião, classe social, nem orientação sexual, por isso, a escola não pode ser instrumento de reprodução de preconceitos e estigmas. Ao contrário, a racionalidade que deve nortear o ensino tem como pressuposto questioná-los e superá-los através da educação para a cidadania e para o respeito aos direitos humanos.