Semana da Educação discute educação e sua importância dentro do processo eleitoral


Às vésperas das eleições, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) realizará, entre os dias 17 e 23 de setembro, a 19ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. Tradicionalmente promovida no mês de abril, a Semana de Educação teve a sua data modificada para incluir a pauta educacional e social dentro da discussão eleitoral. O tema escolhido Pensar em educação é pensar no Brasil: nosso futuro depende do seu voto se transforma então em uma convocatória à reflexão sobre a importância de um debate mais aprofundado sobre o cenário atual com a comunidade escolar.

Em Pernambuco, a discussão nas unidades escolares será levada pelo Sintepe, que fará visitas aos locais de trabalho e compartilharão cartazes informativos e a cartilha da Semana de Educação. O material contém subsídios para o debate sobre as Reformas Política, Educacional, Tributária, Agrária, e a importância de Paulo Freire e da defesa da democracia.

A CNTE e o Sintepe apresentarão ainda uma Carta-compromisso em defesa da educação pública de qualidade e de seus profissionais aos candidatos ao pleito eleitoral de 2018. A iniciativa busca realizar amplo diálogo com a sociedade, em especial com a comunidade escolar, acerca das principais demandas sociais a serem atendidas pelos políticos eleitos para o próximo período que se encerra no ano do segundo centenário da independência do Brasil (2022).

As visitas às unidades de trabalho serão realizadas entre os dias 17 e 23 de setembro e, a partir do dia 20, o Sintepe participará do X Colóquio Internacional Paulo Freire. O evento será realizado nos dias 20, 21 e 22 de setembro. O primeiro dia do Colóquio será realizado na Fafire e, nos dias seguintes, a ação será promovida no Centro de Educação, na UFPE, no Recife.