Perspectivas com aprovação do Fundeb foram discutidas em live do Sintepe

 

A vitória que tornou o Fundeb permanente foi uma das mais intensas do setor educacional em 2020, além de tantas outras lutas enfrentadas. A derrota do Governo Bolsonaro, que não queria o Fundeb aprovado, foi resultado da união dos Sindicatos, sob a liderança da CNTE, que fizeram um intenso trabalho de convencimento de prefeitos, deputados e governadores, sobre a importância do Fundeb e  sobre as consequências nefastas para as crianças, jovens de trabalhadores em educação de todo o Brasil caso o tema chegasse ao fim do ano sem resolução.


O bate papo virtual do Sintepe do dia 23 de julho tratou do tema e foi transmitido pelas plataformas digitais do Sintepe, na página do sindicato no Facebook e no canal do Youtube/TV Sintepe. Os debatedores convidados foram o presidente da CNTE, Heleno Araújo e a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB/AC), também líder do seu partido na Câmara.


Inicialmente, todos comemoraram a vitória na aprovação do novo Fundeb, aprovado pela grande maioria dos parlamentares na Câmara Federal (apenas seis deputados de extrema-direita e ligados a Bolsonaro votaram contra) e agora seguiu para o Senado. “O Fundeb banca mais de 60% da educação no país, desde a creche até o ensino médio. A partir de 2021, o presidente, os governadores, os prefeitos não terão nenhuma justificativa senão investir na educação”, pontuou em sua fala inicial a deputada Perpétua. Heleno Araújo mencionou a importância deste benefício nas demandas sociais da educação e nos avanços que pode trazer no Brasil.


Os debatedores analisaram as justificativas para os deputados ligados ao governo terem trabalhando contra a votação do Fundeb, sem sucesso, dentre eles, os deputados do Partido Novo. “Esse é um governo terrível para o povo. Precisamos de mais dinheiro pra educação e mais dinheiro pra saúde, e não ficar tirando dinheiro de uma pasta para outra sucessivamente”, afirmou o sindicalista Heleno Araújo. E ainda continuou: “O PSL votou contra o custo aluno ano e aluno qualidade”, disse.


Debatedor e debatedora mencionaram a carta em favor do Fundeb assinada por 20 governadores. Apenas seis governadores não assinaram, todos com ligações com Bolsonaro. Na live lembrou-se também das políticas públicas criadas nos governos federais anteriores ao atual, que possibilitaram melhorias na qualidade de vida e na educação do Brasil.


A deputada Perpétua e o Heleno Araújo comentaram algumas medidas que deveriam ser adotadas pelo governo federal para a volta às aulas presenciais, sem as quais, seria impossível evitar um contágio massivo pelo novo coronavírus.


Ao término da conversa, todos agradeceram a participação na live e também comemoraram a conquista na aprovação do Fundeb, embora a mesma ainda esteja aguardando a concordância do Senado. “O relator já foi escolhido e o Senado deve acompanhar a decisão da Câmara para poder se encerrar logo esse processo”, garantiu a líder do PCdoB.

Já Heleno Araújo foi positivamente enfático ao apontar a importância da educação neste e em outros momentos de luta. “Somos mais de 70%, então temos que estar firmes na luta para obtermos mais conquistas. Estamos num ano eleitoral e é importante elegermos políticos que sejam amigos(as) da educação”, finalizou o presidente da CNTE.

 

 

ASSISTA AQUI:

 

???? TV SINTEPE ???? https://youtu.be/XZEA_sMTinI FACEBOOK DO SINTEPE: https://www.facebook.com/watch/?v=1765758153573215