Prejuízos inestimáveis

Coluna publicada nos dias 14 e 15 de agosto de 2016

O Governo Federal quer a todo custo retirar direitos da classe trabalhadora . As agressões às conquistas sociais e trabalhistas se materializam com ações que destroem a Previdência Social, desmontam o SUS, rasgam a CLT, privatizam bancos públicos, universidades, Petrobras, Eletrobras, Chesf e outras estatais.

As consequências das medidas que estão sendo tramadas e executadas em Brasília, prejudicam inestimavelmente os/as trabalhadores/as. Ataca o salário mínimo, as férias anuais, o seguro desemprego, as pensões, o 13º salário, a aposentadoria, as garantias dos agricultores, o Bolsa Família, as verbas para moradia, a educação e a saúde. O Congresso Nacional, dominado em sua maioria por setores conservadores e reacionários (bancada da bala, bancada do boi e por alguns sugadores da consciência alheia que utilizam a bíblia para benefício próprio) dão sustentaço às medidas de um Governo, imposto de forma questionável.

Para barramos os nefastos avanços contra os direitos sociais e trabalhistas do povo brasileiro, só com muita unidade, organização e luta. Só assim, resistimos e enfrentamos aqueles que querem destruir as nossas conquistas.

AGENDA

16/08 – Dia Nacional de Mobilização. Ato público em defesa do emprego e de direitos trabalhistas e sociais da classe trabalhadora, 17h, na Pracinha do Diário. (Convocação: CUT, CTB, Conlutas, CGTB, Força Sindical, Intersindical, NCST, UGT, Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo).

19/08 – Ato Público em Defesa da Educação, às 10h, em São Benedito do Sul – Núcleo Regional do SINTEPE/Mata Sul.

Aguarde no site do SINTEPE informações sobre o desconto do imposto de renda.