Em defesa dos Planos de Educação, De Olho lança materiais para fortalecer o monitoramento participativo


Das escolas às conferências de educação, os materiais podem ser usados em diversos espaços para estimular a discussão sobre a importância dos planos em um contexto de retrocessos

O vídeo “Monitoramento participativo dos planos de educação – Em defesa de planos de estado e da gestão democrática em educação” e o jogo de cartas De Olho na Escola são as duas novas apostas da Iniciativa De Olho nos Planos na defesa do monitoramento participativo dos planos de educação. O lançamento desses materiais inéditos em um contexto de tentativa de desmobilização da participação da sociedade civil na política educacional visa fortalecer os espaços democráticos e defender a implementação dos Planos de Educação e o processo da Conferência Nacional de Educação (Conae) 2018.

“Essas produções nascem dos acúmulos não só das entidades que compõem o Comitê De Olho nos Planos, mas também dos demais movimentos sociais que atuam pelo direito à educação. Elas foram construídas na perspectiva de somar e de trazer mais gente para a roda, e tornar mais acessível as questões que estão em jogo”, explica Denise Carreira, coordenadora executiva da ONG Ação Educativa e da Iniciativa De Olho nos Planos.

O vídeo “Monitoramento participativo dos planos de educação – Em defesa de planos de estado e da gestão democrática em educação” é uma animação de cerca de seis minutos que conta a importância de defendermos o Plano Nacional de Educação (PNE – Lei no 13.005/2014) e os planos municipais e estaduais, e traz passos sobre como realizar, de forma efetiva, esse processo de monitoramento participativo. Atualmente, 5555 municípios (99,7%) e 25 estados brasileiros têm planos de educação sancionados.

O vídeo também está disponível com legendagem descritiva e legenda em libras. Para acessar o vídeo com esses recursos de acessibilidade, clique aqui

O De Olho na Escola é um jogo de cartas que estimula o debate com crianças e adolescentes sobre a escola que temos, a escola que queremos e como podemos juntos(as) atuar pela melhoria da sua qualidade. Ele pode ser utilizado em processos participativos para aquecer a discussão sobre a construção de diagnósticos e o levantamento de propostas para as escolas e para o monitoramento participativo dos planos de educação. O jogo está disponível para download gratuito no portal De Olho nos Planos.

O jogo De Olho na Escola é composto de 26 cartas com perguntas e 104 cartas de respostas, sendo indicado para crianças já alfabetizadas brincarem em grupos

“Com uma linguagem muito acessível, o vídeo traz muito claro a importância da participação social – e este é o seu diferencial. Tanto ele quanto o jogo reafirmam princípios muito importantes, como o planejamento e a garantia do direito à Educação, dentro desse contexto adverso a todo um processo de participação social que vínhamos construindo. Os materiais nos lembram que nenhum processo relacionado aos planos de educação pode se dar fora do contexto da participação da sociedade”, afirma Gilvânia Nascimento, presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), entidade também membro do Comitê De Olho.

O jogo De Olho na Escola foi desenvolvido pela ONG Ação Educativa, no âmbito de um projeto realizado para a Secretaria Municipal de Educação de Santo André. A produção do vídeo foi baseada no folheto “Monitoramento Participativo – fortalecendo a gestão democrática em prol da concretização dos Planos de Educação”, e viabilizada graças ao apoio do Unicef e do Instituto C&A.

Uso nas conferências de educação

Um exemplo de como os materiais podem fortalecer o processo da Conae 2018 é o caso da cidade de São Paulo. O vídeo foi exibido na cerimônia de abertura da etapa municipal da Conae 2018, que ocorreu nos dias 26, 27 e 28 de maio, e o jogo De Olho na Escola utilizado em atividade específica para crianças e adolescentes, para estimular o debate e garantir a participação delas nesses espaços.

“Eu achei muito interessante, e bem diferente. Eu nunca tinha jogado um jogo assim! Eu gostei das perguntas, de a gente estar cada um dando a sua opinião”, disse Isadora Ribeiro, aluna do quinto ano da EMEF Solano Trindade e uma das crianças que participaram das atividades na Diretoria Regional de Ensino do Butantã, durante as conferências regionais, que ocorreram nos dias 5 e 6 de maio.

“O monitoramento participativo é uma reação ao esvaziamento que estamos vendo dos planos de educação. Por isso, queremos principalmente que o uso desses materiais seja estimulado no processo das etapas municipais e estaduais da Conae 2018”, defende Denise.

Saiba mais sobre a importância do monitoramento participativo aqui: www.deolhonosplanos.org.br/monitoramento-participativo

A Iniciativa De Olho nos Planos - http://www.deolhonosplanos.org.br

Com o objetivo de promover a participação popular na construção e no monitoramento dos Planos de Educação, a iniciativa De Olho nos Planos é composta por várias ações, materiais, redes sociais e um portal na internet. Eles foram desenvolvidos para subsidiar a sociedade com informações, propostas e metodologias que impulsionem e sustentem processos participativos efetivos e comprometidos com o fortalecimento da gestão democrática em educação.

O Comitê De Olho nos Planos é composto pelas organizações Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Associação Nacional de Política e Administração Educacional (ANPAE), Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação (FNCEE), com o apoio do Instituto C&A e do Unicef.

Informações à imprensa:

Stephanie Kim Abe
De Olho nos Planos 
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
(11) 3151-2333 – ramal 178