Secretaria de Gênero avalia a atividade que comemorou os oito anos da Lei Maria da Penha

Na atividade que comemorou os oito anos da Lei Maria da Penha, realizada nesta quinta-feira (7), na Praça do Diário, às 9h, estavam presentes o SINTEPE, CUT, CNTE, Ministério Público, Sindicato dos Urbanitários, Bancários, Rodoviários, Sindseprev, Sindicato da Construção Civil (Marreta), o Sinterjup e o MML.  O ato contou com o momento lúdico ao trazer o teatro como forma de levar conhecimento através da arte. O grupo retratou a violência doméstica, psicológica, física, mental, patrimonial e sexual, mostrando à sociedade civil a problemática da violência contra a mulher nos diversos âmbitos. Houve distribuição de panfleto, que tratou dos oito anos da Lei, mostrando a importância da legislação, além do material mostrar a quantidade de mulheres vítimas da violência, ainda disponibilizou o número 180 para as pessoas denunciarem os casos de abusos. A atividade serviu para esclarecer a população sobre a Lei Maria da Penha considerada pela Organização das Nações Unidas como umas das três melhores legislações do mundo no combate à violência de gênero. Segundo a Secretaria de Gênero, esses atos servem para minimizar o preconceito e estender o debate nas unidades de ensino.

Fotos: Agência JC Mazella